Wednesday, August 17, 2016

#Perdoe-se !



Como podemos duvidar de nos mesmos, depois de todos os tropeços e dificuldades, que ja superamos na vida ?

Qualquer deslizes hoje, são sobras de energias que precisam ser liberadas e extirpadas da alma pela experimentação. Essas camufladas e sufocadas energias, trazem um automatismo de sentimentos, impulsionando movimentos ainda comandados pelos instintos. Se não forem liberadas, elas se tornam em desvios de comportamentos.

Por isso, não se culpe, não menospreze-se, não maltrate sua alma, pois tudo o que ja foi aprendido, também ja foi absorvido e não vai perder seu valor diante de novos erros. Os novos deslizes somente confirmam e completam a maior lição, que e’ de ter a certeza que a vida, e’ de fato composta de escolhas. E por mais insignificantes que pareçam, carregam em si o poder da transformação, pelos seus efeitos. Abrindo portas a eventos que podem não estar de acordo com nosso real desejo. 

As nossas escolhas afetam a tudo ao nosso redor pelo simples fato de que, com elas modificamos a maneira de como nos vemos, e consequentemente como nos posicionamos perante a vida. Mas ter o poder de escolha, embora destitua de nos a vitimização, também não requer auto-flagelos ou auto-punições . 

Se erramos ?? pouco importa...pois na vida não vai haver erros sem aprendizados, sem consequências. Por certo, não devemos persistir neles, no entanto, o erro maior e' deixar de acreditar em si mesmo, por causa dos mesmos. Então, não seja tão duro consigo mesmo, não te esquece que estais na carne e dela ainda sofres as influencias. Estar em controle e' maestria a se desenvolver.

O que um dia foi...passou, deixando suas reminiscências...e assim e’ justo. Mas o mais rápido possível, após a reflexão de teus feitos, levante-te e corta o cordão fluídico com esses pensamentos culposos, para que eles não te prendam no passado, para que eles não travem teus passos, para que eles não tornem-se toxinas mentais e morais. 

Perdoe-se e siga em frente, continuando de onde você parou. Trabalhe no auto-conhecimento, no auto-desenvolvimento, valorizando os passos que ja' foram dados e não lamente os tropeços no meio do caminho. Por certo que dirias que hoje tuas escolhas seriam outras. Mas hoje teu espirito tem melhores recursos e esta mais evoluído do que aquele que fez as escolhas do ontem. 

Não se pode parar na margem do progresso, chorando o leite derramado. A vida bate pulsante`a tua janela toda manhã, através dos raios solares que vem anunciando um novo recomeçar. Não vais encontrar a perfeição no meio da jornada. Assim, não ha' motivos para deixar que a culpa, seja ela do que for, polua a tua mente com falsas verdades e castigos, roubando-lhe as novas oportunidades. 

Se observar, vai perceber o quanto ja' tens influenciado positivamente muitos ao teu redor. Portanto, olhe para traz somente para avaliar o quanto você cresceu e que apesar de todos os pesares, viver do teu jeito, valeu a pena. 

Essa e’a tua historia, faça dela um belo livro de inspiração!

By Jacky Sewell