Wednesday, August 17, 2016

#Forgive Yourself !


How can we doubt ourselves, after all the problems and difficulties we have already overcome in life?

Any slip-ups today are remnants of energy that need to be released, and cut off from the soul by experimentation. These disguised and suppressed energies, brings an automated feeling that drives movements that are still led by the instincts. If they are not released, they become behavioral deviations.

So do not blame yourself, or talk down nor mistreat your soul, because all that has been learned, was also absorbed and will not lose its value in face of new errors. The new errors confirms and completes the biggest lesson there is, which is the certainty that life is in fact made up of choices. And however insignificant it may seem, they bear within themselves the power of transformation through its effects. Thus, opening doors to events that may not be in accordance to our real desires.

Our choices affect everything around us by the simple fact that, they will modify the way we see ourselves, and consequently how we position ourselves towards life. Having the power of choice dismisses us of victimisation, but does not require self-flagella or self-punishment.

If we fail ?? no matter ... because in life there will be no mistakes without learning, without consequences. Certainly, we should not persist in them, however, the biggest mistake, is to stop believing in ourselves because of them. So do not be so hard on yourself, do not forget that you are in the flesh, and will still suffer the influences of it. Being in control is mastery to develop.

What once was, now is gone, leaving its reminiscences... and it is fair. But as soon as possible, after the reflections of your deeds, lift yourself up and cut the silver cord with these guilty thoughts, so they do not arrest you into the past, so that they do not lock up your steps, so that they do not become mental and moral toxins.

Forgive yourself and move on, and continue where you left off. Work on self-knowledge, self-development, valuing the steps already given and do not whine about the stumbling blocks along the way. Certainly you would say that, today your choices would be different but today your spirit has better resources and it is more evolved than the one who made choices yesterday.

We can not stop on the margins of progress, crying over spilled milk. Life is pulsating and beats at your window every morning, through the sunlight that comes announcing a new start. You will not find perfection in the middle of the journey. Thus, there is no reason to let the blame, be it of what it may, pollute your mind with false truths and punishments, robbing of you the new opportunities.

If you observe, you will realise how much you have already positively influenced many around you. So look back only to evaluate how much you have grown, and that despite all odds, living life your way has been worth it.

This is your story, make it a beautiful book of inspiration!

By Jacky Sewell

#Perdoe-se !



Como podemos duvidar de nos mesmos, depois de todos os tropeços e dificuldades, que ja superamos na vida ?

Qualquer deslizes hoje, são sobras de energias que precisam ser liberadas e extirpadas da alma pela experimentação. Essas camufladas e sufocadas energias, trazem um automatismo de sentimentos, impulsionando movimentos ainda comandados pelos instintos. Se não forem liberadas, elas se tornam em desvios de comportamentos.

Por isso, não se culpe, não menospreze-se, não maltrate sua alma, pois tudo o que ja foi aprendido, também ja foi absorvido e não vai perder seu valor diante de novos erros. Os novos deslizes somente confirmam e completam a maior lição, que e’ de ter a certeza que a vida, e’ de fato composta de escolhas. E por mais insignificantes que pareçam, carregam em si o poder da transformação, pelos seus efeitos. Abrindo portas a eventos que podem não estar de acordo com nosso real desejo. 

As nossas escolhas afetam a tudo ao nosso redor pelo simples fato de que, com elas modificamos a maneira de como nos vemos, e consequentemente como nos posicionamos perante a vida. Mas ter o poder de escolha, embora destitua de nos a vitimização, também não requer auto-flagelos ou auto-punições . 

Se erramos ?? pouco importa...pois na vida não vai haver erros sem aprendizados, sem consequências. Por certo, não devemos persistir neles, no entanto, o erro maior e' deixar de acreditar em si mesmo, por causa dos mesmos. Então, não seja tão duro consigo mesmo, não te esquece que estais na carne e dela ainda sofres as influencias. Estar em controle e' maestria a se desenvolver.

O que um dia foi...passou, deixando suas reminiscências...e assim e’ justo. Mas o mais rápido possível, após a reflexão de teus feitos, levante-te e corta o cordão fluídico com esses pensamentos culposos, para que eles não te prendam no passado, para que eles não travem teus passos, para que eles não tornem-se toxinas mentais e morais. 

Perdoe-se e siga em frente, continuando de onde você parou. Trabalhe no auto-conhecimento, no auto-desenvolvimento, valorizando os passos que ja' foram dados e não lamente os tropeços no meio do caminho. Por certo que dirias que hoje tuas escolhas seriam outras. Mas hoje teu espirito tem melhores recursos e esta mais evoluído do que aquele que fez as escolhas do ontem. 

Não se pode parar na margem do progresso, chorando o leite derramado. A vida bate pulsante`a tua janela toda manhã, através dos raios solares que vem anunciando um novo recomeçar. Não vais encontrar a perfeição no meio da jornada. Assim, não ha' motivos para deixar que a culpa, seja ela do que for, polua a tua mente com falsas verdades e castigos, roubando-lhe as novas oportunidades. 

Se observar, vai perceber o quanto ja' tens influenciado positivamente muitos ao teu redor. Portanto, olhe para traz somente para avaliar o quanto você cresceu e que apesar de todos os pesares, viver do teu jeito, valeu a pena. 

Essa e’a tua historia, faça dela um belo livro de inspiração!

By Jacky Sewell

Tuesday, August 02, 2016

#Social #Networks ! ( #Behaviours)



A call for elegance, courtesy, respect and good manners in social networks. For a social media without: innuendo, indirect messages, vulgar words, aggressions, less "is a tip" or something like that ...

We have seen many stupid messages and even very frightening, that only serve to show the dark side of people of small minds. It's easy to read the kind of thinking of someone, by watching how they behave in the false safety of these networks wall.

Social media can be a double-edged sword, a powerful weapon that actually should be used only for good, but unfortunately there are so many people who uses in pernicious way. They spew their poisons in cowardly ways, hidden behind a computer or cell phone screens, to try to reach their targets.

They should not ignore that, they are being observed in their public exhibitions, revealing a pathological picture and the worst side of themselves. Consequently, unmasking and destroying their own self-image.

Let's moderate our behaviours in social networks, by demonstrating more security, more authenticity, kindness, more integrity in our personality, much more posture and balance. A behaviour that sublimely affirm our psychological maturity and superior character.

by Jacky Sewell

#Rede #Sociais ! ( #Comportamentos )



Uma chamada`a elegância, cortesia, respeito e boas maneiras nas redes sociais. Por uma mídia social com menos: insinuações, mensagens de indiretas, palavras chulas, agressões, menos "Fica a dica" ou algo parecido...

Temos visto muitas mensagens estúpidas e até mesmo muito assustadoras, que só servem para mostrar o lado negro de pessoas de mentes pequenas. É fácil ler o tipo de pensamento de alguém, observando como eles se comportam dentro da falsa parede de segurança dessas redes. 

As redes sociais podem ser uma faca de dois gumes, uma arma poderosa que, na verdade, deve ser usada somente para o bem, mas, infelizmente, há tantas pessoas que usam de maneira perniciosa. Elas expelem seus venenos de forma covarde, escondidas atrás da tela de um computador ou celular, para tentar atingir seus alvos.

Não deveriam ignorar que estão sendo observadas em suas exposições públicas, as quais somente revelam um quadro patológico e o pior de si mesmo.Consequentemente, desmascarando e destruindo a sua própria auto-imagem.

Vamos tentar moderar nosso comportamento em redes sociais, demonstrando mais segurança de nossa parte, mais autenticidade, gentileza, mais integridade em nossa personalidade, muito mais postura e equilíbrio.
Comportamentos estes que sublimemente afirmam nossa maturidade psicológica e caráter superior.

by Jacky Sewell